Categories História

Assista ao documentário “Fernando Costa: O Idealista Realizador”, lançado em 1994

Idealista realizador! Assim Fernando Costa ficou conhecido pela sua incansável luta pelo Brasil, nos diferentes postos que ocupou durante sua vida pública. Quando exerceu os cargos de Ministro da Agricultura e de Interventor Federal no Estado de São Paulo, o presidente Getúlio Vargas o chamava de “Ministro do Entusiasmo” e “Professor do Otimismo”.

Diferentemente de outras culturas, nós, brasileiros, não fomos, não somos e, ao que tudo indica, jamais seremos estimulados a cultuar biografias de pessoas que mudaram a história da humanidade.  Na escola, não me lembro de qualquer iniciativa nesse sentido, senão breves citações sobre personagens da nossa história.

Sobre a vida e a obra de Fernando Costa – de vereador a prefeito de Pirassununga (…) de Ministro da Agricultura à Interventor Federal no Estado de São Paulo no Governo de Getúlio Vargas -, quase nada sabia.

Aprofundei-me no assunto em 1991, ao participar pela Secretaria Municipal de Cultura quando da mudança do Museu Histórico e Pedagógico “Dr. Fernando Costa”, que deixava o prédio da Agropecuária (hoje Centro de Eventos do Campus da USP) para ocupar o antigo prédio da Estação da FEPASA.

Em meio a tão rico acervo – e extasiado diante da visão e grandiosidade daquele estadista -, juntei-me ao produtor e cinegrafista, Luiz Omar Marzagão Barbutto, para produzirmos algo que sintetizasse o legado que Fernando Costa deixou para Pirassununga, para São Paulo e para o Brasil, que chegasse às escolas e aos pirassununguenses, mostrando quem foi e quais foram os principais feitos daquela figura emblemática que colocou Pirassununga no mapa do Brasil.

Elaboramos um roteiro conciso, definimos as locações, as pessoas que iríamos entrevistar e saímos a campo com a cara e a coragem.

A prefeitura não tinha verba.  Dispúnhamos de uma câmera AG-460 Panasonic, dois vídeos Panasonic AG 1960, um controlador AGA-95, uma mesa de efeitos Panasonic MX12 e um gerador de caracteres VEG 8000, equipamentos da Produtora Kind of Magic Vídeo Produções, de Luiz Omar.

 

Os 3 rolos de filmes de 35 mm do Ministério da Agricultura (1942), com Fernando Costa em Pirassununga – do acervo do Museu Histórico e Pedagógico “Dr. Fernando Costa” -, foram projetados na tela do Cine Jossandra e as imagens  captadas em VHS, editadas e inseridas no filme.

As cenas mostram a chegada de Fernando Costa na Estação da Companhia Paulista (FEPASA), inaugurando a “Praça Fernando Costa” ao lado da esposa Anita Costa, no Estádio Bellarmino Del  Nero (CAP) dando o pontapé inicial na partida CAP X Sport Clube Corinthians Paulista, e no quartel do 2º RCD – Regimento de Cavalaria Divisionário (hoje 13º RCMec).

Foram horas e horas de edição, erros, acertos, correções, criatividade e obstinação. Bancamos todas as despesas e, mesmo com todas as imperfeições e dificuldades técnicas, com orgulho e entusiasmo consolidamos nosso documentário.

Com 28 minutos de duração, no dia 5 de junho de 1994, lançávamos a videoprodução “O Idealista Realizador”, na abertura da Semana Cultural Fernando Costa, no Teatro Municipal Cacilda Becker.  O filme traz depoimentos do prefeito Fausto Victorelli, do professor José Antonio Caruso Neto, Fernando Costa Neto e do professor da USP, Antonio Joaquim Rossini.

Destaca, também, trechos de um discurso entusiasmado de Fernando Costa, no qual elogia Getúlio Vargas, e o local onde ocorreu o acidente que tirou a vida do ilustre estadista, no município de Valinhos.

Por meio da Secretaria de Cultura e Turismo, a prefeitura custeou 100 cópias do filme que foram distribuídas às escolas, instituições, associações e entidades pirassununguenses ligadas aos mais diversos segmentos.

Passados 22 anos desde o seu lançamento, disponibilizamos no YouTube esse conteúdo que conta parte da história de Pirassununga.  Que todos possam fazer o melhor uso desse registro feito com dedicação e carinho, sem fins lucrativos, senão com o intuito de resgatar e preservar a memória desse ilustre cidadão cuja história em muito nos sensibilizou.

Nesses tempos tão difíceis, de escassos exemplos de ética, dignidade e competência na vida pública do país, se a história de Fernando Costa fosse difundida e levada às crianças e jovens nas escolas, seus exemplos não só inspirariam atitudes como dariam rumo e sentido aos propósitos de vida de cada um de nós, enquanto pirassununguenses e cidadãos do mundo.

Assista ao filme e deixe o seu comentário.

Roberto Bragagnollo

 

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *